Abra sua franquia da Assembléia de deus




A indústria da igreja e a exploração da fé são sabidamente uma mina de dinheiro e isso não é novidade para ninguém, não passa de um comércio cujo o produto é a salvação, ou seja, somente mais um exemplo de gente que vende e não entrega.


Mesmo assim confesso que me surpreendi quando, ao entrar em um site ligado a Assembléia de deus, me deparei com o pop up da imagem acima oferecendo vagas para pastores e o anúncio do tipo “abra sua igreja” como em um sistema de franchising, onde o formato comercial é tão gritante, que já não mostram nenhum apelo pseudo-espiritual na formação de uma nova igreja.




Será que a força da lavagem cerebral que o religioso comum sofre é tão profunda que essas instituições já nem precisem se dar ao trabalho de enganá-lo pelo seu dinheiro?



Nas palavras de Thomas Paine: "É impossível calcular o dano moral, se é que posso chamá-lo assim, que a mentira mental tem causado na sociedade. "






Confira o site com seus próprios olhos aqui.


1 comentários: